DONATIONS luisinhofreitas@gmail.com

Saturday, April 30, 2011

Válvula de tecido humano é eficaz em cirurgia de coração

Pesquisadores da PUC do Paraná desenvolveram uma técnica para diminuir o risco de rejeição em transplantes de válvulas cardíacas.

Essas cirurgias são necessárias quando há alguma doença que prejudica o bombeamento do sangue, levando à insuficiência do órgão.

Hoje, para corrigir a falha, são usadas peças de metal ou feitas de tecido animal (de porco ou de boi).

Na nova técnica, são implantadas válvulas de doadores humanos mortos, processadas em uma solução que retira as células e deixa apenas fibras de colágeno e fibras elásticas.

Esse enxerto é muito mais seguro e dura mais tempo, diz o cirurgião Francisco Diniz da Costa, da PUC-PR. "Quem coloca uma válvula de metal precisa tomar medicamento anticoagulante pelo resto da vida. Em dez anos, 25% dos pacientes têm alguma complicação".

As próteses de animais perdem a função com o tempo. Isso leva a novas operações.

A técnica já foi aplicada em 200 pacientes da Santa Casa de Curitiba. O acompanhamento de 41 deles, por cinco anos, rendeu um artigo publicado no "Annals of Thoracic Surgery".

No estudo, os autores concluem que os resultados iniciais são promissores, mas que é necessário mais tempo de acompanhamento.


CRIANÇAS

Algumas doenças que causam problemas nas válvulas cardíacas são febre reumática, artrite reumatoide e malformações congênitas, que afetam crianças.

São elas que mais se beneficiam com os implantes de tecido humano.

"Não tem como usar válvula de metal em criança, e a de animal se calcifica, porque o metabolismo do cálcio em crianças é muito acelerado", afirma Pablo Pomerantzeff, cirurgião cardíaco do Hospital das Clínicas de SP.

Uma válvula implantada em crianças, em geral, dura menos de cinco anos. 

Já a válvula de tecido humano processado é "repovoada" por células do paciente. Em cinco anos de estudo, nenhuma se calcificou.

O cirurgião cardíaco José Pedro da Silva, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, usa as válvulas do grupo paranaense em crianças.

"Fizemos pelo menos três cirurgias. Com os resultados que temos, já posso dizer que é melhor que as outras alternativas. Precisamos de mais tempo para saber o quanto é melhor".

TECNOLOGIA SERÁ EXPORTADA

Neste mês, a PUC-PR firmou um acordo com uma empresa inglesa, a Tissue Regenix, que levará a tecnologia de processamento das válvulas humanas para a Europa.

A empresa pretende comercializar a tecnologia em vários países, menos por aqui, onde as válvulas não podem ser vendidas só o processamento é cobrado.

O banco de válvulas de Curitiba, que fica na Santa Casa, é o único do Brasil autorizado pelo Ministério da Saúde. O centro recebe corações de 18 Estados do país e distribui as válvulas.

Além das estruturas sem células, o banco também distribui válvulas congeladas.

Por ano, são feitas cerca de 20 mil cirurgias desse tipo no Brasil, segundo o cirurgião Francisco Costa. A maioria usa tecido animal (de porco ou de boi).


Uma parte ainda usa válvulas mecânicas e 3% usa enxertos humanos congelados. FOLHA

Casa Branca elogia decisão sobre pesquisas com células-tronco

A Casa Branca saudou nesta sexta-feira a aprovação pela Corte Federal de Apelações, em Washington, para que o Estado financie as pesquissas com células-tronco. O governo também classificou a decisão como uma "vitória para os cientistas e pacientes de todo o mundo".

A corte federal aprovou hoje que o governo do presidente Barack Obama prossiga com o financiamento público da pesquisa com células-tronco embrionárias, que havia sido proibida em primeira instância em agosto.

"Os autores da ação não demonstraram ter qualquer possibilidade de ganhar", afirma, em sua decisão, a corte.

A pesquisa com células-tronco, muito promissora para curar inúmeras doenças graves, havia sido autorizada de novo por Obama em março de 2009, depois de oito anos de proibição.

Em 23 de agosto de 2010, o juiz federal Royce Lamberth deu razão a dois cientistas e organizações cristãs que se opuseram à decisão. FOLHA

Polícia apreende granadas e arma do Exército no Rio de Janeiro

Policiais do 14º Batalhão da PM do Rio apreenderam no início da noite deste sábado três granadas, uma pistola, 33 pedras de crack e três rádios transmissores.

Segundo a PM, o material foi apreendido durante uma ronda. Policiais suspeitaram do movimento em uma casa no morro do Tiradentes, em Anchieta (zona norte) e decidiram invadir o local.

Suspeitos que estavam dentro da casa fugiram com a chegada da polícia e iniciaram uma troca de tiros. Não há informações sobre feridos.

A polícia estima que havia pelo menos sete homens no local. A pistola apreendida, de calibre 45, é de propriedade do Exército Brasileiro.

A ocorrência foi registrada na 31ª DP, em Ricardo de Albuquerque (zona norte). FOLHA

Ronaldo é atração de crianças de comunidade com UPP, no Rio de Janeiro

O ex-jogador Ronaldo foi a atração de crianças e adolescentes durante um torneio de futebol promovido na manhã deste sábado pelo Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) nos morros da Mineira e São Carlos, na região central do Rio.


O 2º Torneio da Pacificação, que contou com o apoio da associação de moradores do morro da Mineira, teve o objetivo de promover a integração entre as comunidades e promover o esporte nestes locais.

A presença do ídolo animou o evento e serviu de inspiração para a garotada. "Eu falei para ele que o meu sonho é ser jogador de futebol. Ele pediu para eu estudar e falar com a minha mãe para ela me colocar numa escolinha, porque eu posso ser bom como ele", disse Michel Nunes, 12, morador da Mineira que conseguiu chegar perto e falar com o craque.

Cercado de crianças, o jogador queria dar um chute para iniciar uma das partidas do campeonato, mas não conseguiu. Atencioso e sempre sorrindo, deu vários autógrafos e tirou fotos com crianças e adultos.

O jogador disse que ficou feliz em ver a paz na comunidade. "Eu aceitei o convite porque tinha curiosidade de conhecer essas comunidades que estão pacificadas. Estou aqui para prestigiar, porque esse projeto está funcionando muito bem, é fantástico e estamos aqui para apoiar. Muito legal ver essas crianças felizes, brincando, em uma comunidade que agora está tranquila, sem violência, sem tráfico de drogas".

As comunidades da Mineira e São Carlos receberam a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) em fevereiro deste ano. Elas fazem parte do chamado Complexo de São Carlos. Ao todo, foram ocupados os morros São Carlos, Zinco, Querosene, Mineira, Coroa, Fallet, Fogueteiro, Escondidinho e Prazeres. Cerca de 26 mil pessoas moram no conjunto de favelas. FOLHA

Três são presos com R$ 2.000 em notas falsas no centro do Rio de Janeiro

Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar, da Saúde, no centro do Rio, prenderam em flagrante três homens neste sábado que tentavam trocar notas falsas de dinheiro na Saara, comércio popular de grande movimentação no centro da cidade.

Segundo a PM, eles estavam com 20 cédulas falsas de R$ 100 e tentaram trocar uma delas em uma loja de artigos chineses, quando foram abordados. Os agentes chegaram depois de serem avisados por um funcionário, que achou a atitude dos três suspeita.

Os três foram identificados pela PM como João Reinaldo da Cruz Júnior,25, Gilberto Barbosa Gonçalves Filho, 22, e Marcelo Bondrim,35. A reportagem não teve acesso aos advogados dos suspeitos.

O grupo foi levado para a carceragem da Polícia Federal. FOLHA

Namorado atira em parceira e mata passageiro de ônibus em Porto Alegre

Um adolescente de 17 anos, durante uma briga com a namorada, matou um homem que estava dentro de um ônibus circular em que a garota também estava. O crime foi na madrugada deste sábado (30), em Porto Alegre, no bairro de Restinga, extremo sul da capital gaúcha, por volta das 0h40.

Segundo a Brigada Militar, o jovem e a namorada discutiram porque ela estaria disposta a ir a uma festa. A menina pegou um ônibus, e ele a seguiu de moto.

Em uma das paradas do ônibus, ela teria aberto a janela e desafiado o garoto. O adolescente atirou cinco vezes contra o veículo. Em uma delas, atingiu um dos passageiros, Leandro de Lima Gimenis, 34, que morreu no local.

O adolescente fugiu, mas foi encontrado depois em um quarto alugado por ele e encaminhado para o Departamento Estadual da Criança e Adolescente.

O jovem, segundo a Brigada Militar, tem antecedentes criminais e estaria envolvido em outro homicídio. FOLHA

Schwarzenegger volta às telas como protagonista de 'Cry Macho'

Os planos de Arnold Schwarzenegger para voltar a filmar "O Exterminador do Futuro" parecem ter sido adiados. De acordo com o blog "Vulture", da "New York Magazine", o ator escolheu o filme "Cry Macho" como seu próximo projeto no cinema.

Dirigido por Brad Furman ("O Poder e a Lei") e produzido por Al Ruddy ("O Poderoso Chefão"), o drama é baseado na obra homônima do dramaturgo e escritor N. Richard Nash (1913-2000), publicada em 1975.

No longa-metragem, Schwarzenegger interpretará o protagonista, um treinador de cavalos que aceita participar de uma armação para ganhar um dinheiro extra: sequestrar o filho de 11 anos das mãos da ex-mulher rica de seu chefe.

De acordo com o blog, Ruddy já o havia escalado para o elenco de "Cry Macho" há quase dez anos, mas a carreira política do astro interrompeu os planos. FOLHA

Nascem os gêmeos de Mariah Carey em Los Angeles

A cantora Mariah Carey deu à luz um casal de gêmeos neste sábado (30), em Los Angeles, data em que também comemora o terceiro aniversário de casamento com Nick Cannon.

Os bebês nasceram por volta das 9h da manhã (no horário local), em um hospital da cidade, de acordo com Cindi Berger, porta-voz da cantora.

Berger contou à imprensa que eles pesam mais de dois quilos cada um, e que o menino é um pouco maior do que a menina. Os nomes das crianças não foram revelados.

Mariah e Cannon se casaram em 30 de abril de 2008. "Os bebês nasceram em seu aniversário de casamento", afirma Berger, em comunicado. "Nem Mariah poderia planejar isso!", completou.

A cantora anunciou a gravidez em outubro do ano passado. Na época, Cannon afirmou que eles demoraram para contar às pessoas sobre a gravidez porque Mariah já havia sofrido um aborto natural anteriormente. REUTERS/FOLHA

Músicos demitidos da OSB fazem concerto-protesto no Rio

Trinta e seis dos 44 músicos demitidos da OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira) por discordarem de exigências feitos pelo maestro Roberto Minczuk promoveram um concerto na noite deste sábado.

O evento, prestigiado por cerca de 600 pessoas, ocorreu na Escola de Música da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Os demitidos se reuniram com outros músicos e fizeram ensaios na própria escola, usando instrumentos e partituras da Orquestra Petrobras Sinfônica. O espetáculo de hoje foi regido pelo maestro Osvaldo Colarusso e teve participação da solista Cristina Ortiz.

Todos os músicos vestiam camisetas onde se lia "SOS Orquestra Sinfônica Brasileira".

Antes do início da apresentação, o diretor da Escola de Música, André Cardoso, fez um discurso em que prestou solidariedade aos músicos demitidos. "A verdadeira Orquestra Sinfônica Brasileira está aqui", declarou.

A solista Cristina Ortiz, que deixou de participar de um concerto da composição oficial da OSB para acompanhar os músicos demitidos, apresentou-se também vestida com a camiseta símbolo do protesto.

"Sou amiga do maestro [Minczuk], mas acho que ele agiu totalmente errado. Não tive oportunidade de falar com ele sobre isso e agora estou 'pichada'", disse.

O ex-presidente da Comissão dos Músicos da OSB, Luzer Machtyngier, vislumbrou duas saídas para a situação. "Se todas as penalidades impostas aos músicos fossem retiradas, eles voltariam", disse. "A outra hipótese, que depende de patrocínio e por enquanto é um sonho, é criar outra orquestra", cogitou. FOLHA

Cerca de 200 mil vão a vigília pela beatificação de João Paulo 2º

Cerca de 200 mil pessoas assistem neste sábado à noite no Circo Máximo, coração de Roma, à Vigília de orações e testemunhos dedicada à beatificação de João Paulo 2º, que acontece neste domingo, disseram fontes da polícia local.

"Sinto sua presença aqui, sinto fortemente", disse o cardeal polonês Stanislaw Dziwisz, que por mais de 40 anos foi o secretário pessoal de Karol Wojtyla e considerado seu "filho adotivo".

Dziwisz, que o acompanhou até a sua morte, no dia 2 de abril de 2005, contou diante da multidão silenciosa e respeitosa que na noite que faleceu o pontífice polonês entoou o Te Deum de ação de graças e não o Réquiem de morte "porque estava convencido de que morreu santo", disse.

"Deu dignidade à morte, morreu como deve morrer um cristão", acrescentou.

A Vigília, que começou às 20h (16h de Brasília), é acompanhada por muitos jovens, religiosos e peregrinos provenientes de diversos países, principalmente da Europa, exibindo bandeiras, em sua maioria polonesas, ou iluminando com tochas a esplanada, uma pista para corridas de bigas do Império Romano.

Uma série de vídeos com imagens importantes da vida do novo beato foi exibida no imenso telão instalado atrás do palco sobre o qual convidados emocionados narram seus testemunhos.

"Diante da beatificação de João Paulo 2º sinto o mesmo que senti depois de sua morte: o profundo sentimento de ter que agradecer a essa pessoa, a esse Papa, por ter dito durante toda a vida sim a Deus", declarou Joaquín Navarro Walls, porta-voz por 21 anos do pontífice polonês, uma das pessoas mais próximas, que o acompanhou na maioria de suas 104 viagens ao exterior.

"Obrigado João Paulo 2º por essa obra-prima que, com a ajuda de Deus, você fez de sua vida", clamou com a voz embargada Navarro Walls.

"A Igreja não cria santos, apenas os reconhece. João Paulo 2º já era santo", acrescentou.

Depois, contou a incrível história da cura milagrosa da freira francesa Marie Simon-Pierre, com a qual foi aberto o caminho para a beatificação do primeiro Papa eslavo da história.

"Agradeço a todos estes jovens que estão aqui, João Paulo 2º está lá em cima com vocês", disse.

Apesar do frio e da umidade, a vigília de orações foi realizada em um ambiente de tranquilidade e foi animada pelo Coro da Diocese de Roma e pela Orquestra do Conservatório de Santa Cecília acompanhados pelo coro da comunidade filipina de Roma e pelo coro Gaudium Poloniae.

Após a Vigília, começa a chamada "noite branca" de orações, durante a qual serão mantidas abertas até o amanhecer oito igrejas do centro de Roma, situadas ao longo do trajeto (cerca de 3 quilômetros) do Circo Máximo à Basílica de São Pedro, onde será celebrada a beatificação no domingo.

Os fiéis poderão se confessar em vários idiomas e se preparar para a cerimônia no Vaticano, que será acompanhada por 86 delegações de todo o mundo. FRANCE PRESS/FOLHA

China liberta ativista de direitos humanos

Autoridades chinesas libertaram o advogado pró-direitos humanos Teng Biao anteontem, dois dias depois de autoridades americanas pedirem a Pequim a soltura de ativistas.


Teng -- que havia sido detido durante a onda de repressão para suprimir possíveis protestos inspirados pela primavera árabe-- passou 70 dias preso.

A mulher do ativista confirmou por telefone à AFP que seu marido voltou para casa nesta sexta-feira. Questionada sobre as condições de prisão do marido, ela disse que ele "não se sente confortável" para relatar.

Segundo Renee Xia, do Centro de Informação para os Direitos Humanos e a Democracia de Hong Kong, não é possível contatar Teng. "É impossível falar, isso pode significar que está sendo muito pressionado", disse ela à France Presse.

A libertação de Teng ocorre um dia depois do diálogo entre Pequim e Washington sobre direitos humanos, depois que o secretário-adjunto de Estado norte-americano, Michael Posner, lamentou o "grave retrocesso" da China.

Dezenas de juristas, escritores, jornalistas, artistas e blogueiros sofreram, nas últimas semanas, detenções arbitrárias e prisões domiciliares, em uma tentativa de Pequim de reprimir qualquer tentativa de revolta inspirada pelas manifestações populares no mundo árabe. FOLHA

Oposição em Burkina Faso exige renúncia do presidente

Os partidos de oposição de Burkina Faso exigiram neste sábado a saída do presidente Blaise Compaoré do cargo, culpando-o por provocar uma onda de violência no país do oeste africano.

Os soldados têm saqueado lojas e feito disparos com armas durante os meses de protestos no país contra as condições precárias de vida.

Os civis também tomaram as ruas do país contra o aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis.

"Nosso país está em crise, uma crise profunda e pensamos que Blaise Compaoré é a causa dessa crise", disse o líder da oposição socialista Frente das Forças, Norbert Tiendrebeogo, em uma reunião de 34 partidos da oposição na capital Ouagadougou.

"É por isso que estamos dizendo que ele é o problema, e a solução é a sua partida", disse Tiendrebeogo.

Os partidos lançaram uma declaração conjunta, exigindo a renúncia de Compaoré.

O presidente, um ex-capitão do Exército, chegou ao poder na nação produtora de ouro e algodão, em um golpe em 1987.

Desde então, ele enfrentou uma oposição pouco efetiva e venceu as duas últimas eleições em 2005 e 2010, com uma maioria esmagadora.

Neste mês, Compaoré substituiu o governo e o chefe das forças armadas e passou a ocupar também o cargo de ministro da Defesa.

O presidente disse nesta sexta-feira que os soldados do governo haviam prometido acabar com os protestos violentos. REUTERS/FOLHA

Filho de Gaddafi morre em ataque da Otan, diz Líbia; ditador sai ileso

O filho mais novo do ditador líbio, Muammar Gaddafi, Saif al Arab Gaddafi, 29, foi morto neste sábado durante um ataque aéreo da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), anunciou o porta-voz do regime, Moussa Ibrahim, em Trípoli.

De acordo com o porta-voz, o ditador líbio, Muammar Gaddafi, estava junto com o filho mas saiu ileso do bombardeio, que também matou três netos e feriu outros parentes e amigos.

A Otan atua na Líbia assumiu o comando das operações internacionais na Líbia no dia 31 de março e passou a liderar as forças na operação Protetor Unificado. Inicialmente, as ações militares do país eram lideradas pelos EUA.

Gaddafi e sua mulher estavam na casa do filho em Trípoli quando ao menos um míssil da Otan atingiu o local. "A casa de Saif al Arab Muamar Gaddafi (...) foi atacada com meios potentes. O líder [Muammar Gaddafi] está bem", disse Ibrahim. "Ele não foi ferido. Sua mulher também passa bem".

A casa do filho do ditador, que fica em uma área residencial de Trípoli, ficou amplamente danificada. Saif al Arab Gadhafi era o sexto filho do ditador e passava grande parte do tempo na Alemanha nos últimos anos.

Em Benghazi, houve comemoração com tiros para o alto disparados por rebeldes durante a madrugada deste sábado após o anúncio da morte de Saif al Arab, de acordo com um jornalista da France Presse. FOLHA

Corpo do escritor Ernesto Sábato será velado em Santos Lugares

O corpo do escritor argentino Ernesto Sábato, que morreu neste sábado aos 99 anos, será velado a partir das 17h no Clube dos Defensores de Santos Lugares, na Argentina, informam parentes ao jornal "Clarín".

De acordo com a publicação, o escritor frequentava o o clube pelas manhãs para jogar partidas de dominó com os amigos.

Sábato, um dos maiores nomes da literatura argentina, estava há vários anos praticamente cego e se mantinha recluso em sua residência na cidade de Santos Lugares.

Nos últimos dias uma bronquite complicou seu estado de saúde, afirmou sua companheira, Elvira González Fraga, em entrevista à imprensa local.

O escritor, que nasceu na cidade de Rojas em 24 de junho de 1911, obteve o título de doutor em Física em 1938 pela Universidade Nacional de La Plata, mas deixou a carreira científica nos anos 40 para se voltar à literatura com a publicação da compilação de ensaios "Alguém e o Universo".

O reconhecimento internacional veio em 1961 com "Sobre Heróis e Tumbas" e a consagração definitiva ocorreu em 1974 com "Abadon, o Exterminador", que completam a trilogia iniciada com "O Túnel" (1948), adaptada ao cinema em 2006. FOLHA

Indústria brasileira é processada por plágio em sola de sapato

O solado vermelho de calçados femininos de alto padrão virou motivo de disputa judicial. A indústria brasileira Carmen Steffens diz que foi notificada judicialmente pelo designer francês de calçados Christian Louboutin, sob a acusação de plágio.

A grife francesa acusa a empresa de Franca (a 400 km de SP) de copiar o solado vermelho, alegando ser sua marca registrada.

"É um absurdo alguém querer patentear uma cor", afirma Mario Spaniol, presidente da Carmen Steffens.

Os sapatos criados por Louboutin estão nos pés das principais estrelas de Hollywood, de Angelina Jolie a Katie Holmes. Na loja virtual da empresa francesa na internet, os modelos mais simples custam quase US$ 1.000 --cerca de R$ 1.570--, mas os mais sofisticados chegam a ultrapassar os US$ 3.000 --em torno de R$ 4.700.

Já os modelos da Carmen Steffens estão na faixa dos R$ 300. Em seu site, a empresa francana cita como consumidoras a cantora Mariah Carey e a atriz Eva Longoria.

Segundo Spaniol, a disputa judicial teve início depois que a marca brasileira se fortaleceu na França. Em setembro último, a empresa abriu lojas em Marselha e Paris --já tinha uma em Provence.

O empresário se defende da acusação de plágio. Segundo ele, o vermelho usado nos solados da Carmen Steffens não é do mesmo tom usado por Louboutin. Ele também diz que o vermelho é apenas uma cor dentre várias presentes nos seus produtos.

"Nós usamos cores nas solas dos nossos sapatos desde 1996. A patente dele [Louboutin] para a sola vermelha é de 2000 nos EUA e de 2009 na França", afirma Spaniol.

Para provar essa diferença de datas, a empresa brasileira iniciou junto a suas clientes uma coleta de sapatos de sola vermelha usados, com data anterior a 2000. Em troca, está oferecendo sapatos novos para as clientes.
Spaniol ainda promete contra-atacar. Segundo o empresário, a Carmen Steffens vai acionar Louboutin na Justiça, por danos morais.

A Folha procurou a assessoria de imprensa de Louboutin no Brasil --a marca tem loja em São Paulo--, que não quis se manifestar. FOLHA

Bolsa e dólar tiveram piores perdas no mês; ouro, o maior ganho

Aplicações financeiras vinculadas à Bolsa de Valores e o dólar amargaram as piores perdas em abril, enquanto a commodity ouro e algumas aplicações mais conservadoras proporcionaram os melhores retornos para o investidor nesse mês.

O "termômetro" da Bolsa, o índice Ibovespa, derreteu 3,58%, após um bimestre de recuperação, e coroando um mês tumultuado. A crise da dívida na Europa, com a deterioração dos cenários em Portugal e Grécia, além da advertência da agência S&P sobre a situação fiscal dos EUA foram alguns dos episódios que estressaram os investidores.

Os conflitos no Oriente Médio e do norte da África ainda não saíram do noticiário mundial, enquanto permanece ainda em resolução o drama nuclear japonês.

A taxa cambial cedeu 3,56%, com um forte fluxo de recursos para o país, ainda com poucos efeitos das medidas restritivas do governo para conter essa "enxurrada" de dólares.

Em um ambiente controverso, os preços do ouro dispararam na praça internacional, marcando picos históricos. Na BM&F, a cotação da commodity valorizou 1,4%, no topo dos maiores ganhos deste mês.

A taxa do CDB também ajudou o investidor a preservar suas economias da inflação (0,45%, pelo IGP-M), com uma rentabilidade média de 0,83%.

Aplicação mais popular do país, a poupança pouco ajudou nesse sentido, com um retorno de apenas 0,53%.

QUADRIMESTRE

Bolsa e dólar continuam como as piores "apostas" num prazo mais longo. Nos quatro primeiros meses do ano, o Ibovespa acumula perdas de 4,58%, enquanto a cotação da moeda americana derreteu 5,58% nesse mesmo período.

A commodity ouro, sempre bastante volátil, teve uma desvalorização de 3% nesse quadrimestre.

Melhor desempenho teve o CDB, com um ganho acumulado de 3,53% entre janeiro e abril, batendo a variação acumulada do IGP-M, de 2,89%. A poupança, no entanto, ainda sofre com a alta acelerada dos preços. Nesses quatro meses, a rentabilidade é de apenas 2,28%. FOLHA

Igreja já busca novo milagre para papa João Paulo 2º

A celebração da beatificação de João Paulo 2º começa hoje em Roma com uma vigília para 250 mil fiéis, mas parece apenas questão de tempo para o Vaticano preparar a festa da santificação do popular papa morto em 2005.

Já estão sendo estudados cerca de 1.500 relatos de outros milagres atribuídos ao papa. O primeiro aceito pela igreja, o desaparecimento dos sinais de mal de Parkinson de uma freira francesa que rezou junto ao túmulo do pontífice, lhe deu o título de beato --garantindo veneração em calendário litúrgico e consagração de igrejas.

Um segundo milagre confirmado pelo Vaticano já o transformaria em santo.

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) não sabe informar se há casos brasileiros em análise, mas é grande a chance, já que nominalmente é o maior país católico do mundo, e os relatos podem ser enviados até por e-mail.

O responsável pelo processo que analisa a santidade Karol Wojtyla, o cardeal Angelo Amato, disse ontem ao jornal "La Reppublica" que o processo de santificação está sendo "rápido e rigoroso".

Por um lado, confirma a tendência de que o tempo recorde de beatificação deva se repetir na próxima etapa. Por outro, tenta responder aos críticos de que a velocidade excessiva pode ser ruim, por furar a fila de outros merecedores e não levar em conta eventuais faltas do papa que venham a público.

CORPO

Beato ou quase santo, João Paulo 2º já não está no mausoléu de mármore branco na cripta do Vaticano.

Seu caixão é composto por um invólucro de madeira, outro de chumbo e um externo de madeira. Foi retirado em uma cerimônia reservada e colocado na frente do túmulo de São Pedro, o fundador da Igreja Católica, sob o altar principal da basílica que leva o seu nome.

Amanhã, ele irá para o nicho em que estava o corpo do papa Inocêncio 11, no Altar de São Sebastião, perto da escultura "Pietà", na Basílica de São Pedro.

Será venerado por Bento 16 e membros das 87 delegações estrangeiras presentes --o Brasil é representado pelo vice, Michel Temer.

Inocêncio, que demorou 267 anos para virar beato, contra 6 do novo ocupante do nicho, foi para o Altar da Transfiguração. O antigo túmulo de João Paulo irá para uma igreja em sua homenagem em Cracóvia (Polônia).

Amanhã à noite já será possível visitar o corpo do papa, mas o túmulo definitivo será instalado só na segunda-feira, depois de a basílica fechar às 19h30.

A informação animou alguns turistas, como a família brasileira Teixeira, de Minas Gerais, que estava em férias na Itália.

"Não sabia que já daria para ver o caixão. A gente estava pensando em ir a Nápoles no domingo, mas vamos deixar para segunda", disse a mãe, Tereza. FOLHA

Receita recebeu 24,37 mi de declarações de Imposto de Renda

O prazo para a entrega do Imposto de Renda da Pessoa Física 2011 (ano-base 2010) terminou à 0h de hoje, e a Receita Federal informou ter recebido 24.370.072 declarações. Apesar de o valor ter superado a estimativa da Receita, ele ficou abaixo de 2010, quando foram recebidas 24,67 milhões de declarações, e de 2009, com 25,56 milhões.

Até as 19h desta sexta-feira a Receita Federal havia recebido 23,7 milhões de declarações.


Segundo a secretária-adjunta da Receita Federal do Brasil, Zayda Manatta, a expectativa era de que o órgão recebesse até as 23h59min59s --quando terminou o prazo para o envio do documento--, entre 24 milhões e 300 mil e 24 milhões e 400 mil.

Como acontece desde 1996, o prazo de entrega não será prorrogado pela Receita Federal. Para os contribuintes que perderem o prazo, haverá pagamento de multa mínima de R$ 165,74 ou, no máximo, de 20% do imposto devido.

O horário em que a Receita Federal recebeu o maior número de declarações foi entre 13h e 15h de sexta-feira (29). Foram cerca de 300 mil.

Durante uma hora, o site da Receita Federal apresentou problemas. A página para acesso ao preenchimento e envio de declarações ficou intermitente.

O órgão detectou um problema técnico das 11h10 às 12h15. Segundo o órgão, o serviço já foi normalizado e a causa da falha será apurada pela Receita e pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados).

De acordo com a secretária-adjunta, a instabilidade no site não afetou a entrega das declarações. "A entrega correu normamelmente durante todo o dia. A instabilidade durou cerca de uma hora", afirmou. FOLHA

Friday, April 29, 2011

EUA não deveriam ajudar Brasil em caso de ataque, diz pesquisa de opinião

Mais da metade dos americanos afirma que o governo dos EUA não deveria ajudar o Brasil caso o país sofresse um ataque.

Segundo pesquisa da Rasmussen Reports, 53% dos entrevistados dizem ser contra um auxílio militar ao Brasil em uma hipótese de ataque.

O índice é um dos mais altos no levantamento (em que foi questionado como o governo americano deveria agir com 44 países) e está próximo ao de rejeição a ajuda a Iraque (55%) e Afeganistão (54%), países onde os EUA têm ação militar.

Apenas um terço dos entrevistados afirmou que os EUA deveriam colaborar com o Brasil --25 países tiveram um apoio maior para a sua defesa. 

Na região, Bahamas, Panamá, México e Haiti registraram uma aprovação maior para receber ajuda em um eventual ataque.

A China, que é o maior credor externo dos EUA e segunda maior economia do mundo, teve o terceiro maior índice de rejeição (66%), ganhando até mesmo da Rússia (65%) e ficando atrás somente do Irã (78%) e da Coreia do Norte (77%).

Na parte de cima da tabela, Canadá, Reino Unido, Austrália e Israel são os 'favoritos' para receber auxílio militar dos EUA.

BARACK BRASILEIRO

A imagem do Brasil tem sido muito ligada nas últimas semanas à recente visita do presidente Barack Obama ao país. Grupos conservadores criticam o fato de Obama ter apoiado a exploração de petróleo na costa brasileira, enquanto dificulta o mesmo nos EUA.

Ontem, o grupo Let Freedom Ring lançou na internet a página barackforbrazil.com, em que busca coletar assinaturas de apoio à 'candidatura' de Obama para presidente do Brasil.

Além de uma foto de Obama segurando a camisa da seleção brasileira ao lado do então presidente Lula, a página tem um vídeo do comediante Steven Crowder (que costuma aparecer em programas da Fox News, canal visto como de tendência republicana) que prega a candidatura de Obama no Brasil.

O vídeo, colocado no ar ontem, teve até às 20h de hoje cerca de 7.400 visitas. FOLHA

Costa Rica julgará tiros contra fotógrafos no casamento de Gisele Bündchen

Um juiz da Costa Rica aceitou nesta sexta-feira a denúncia pendente contra três guarda-costas que teriam atirado em dois fotógrafos após o casamento da modelo brasileira Gisele Bündchen com o jogador de futebol americano Tom Brady, em 2009.

Em uma audiência preliminar realizada nesta sexta-feira no Juizado Penal da província de Puntarenas (Pacífico), cerca de 115 quilômetros ao sudoeste de San José, o juiz Hernán Salazar decidiu levar o caso a julgamento, para uma data que ainda será definida nos próximos meses.

O fotógrafo da agência de notícias francesa "AFP" Yuri Cortez explicou nesta sexta-feira à Agência Efe que, durante a audiência, os três réus, de nacionalidade costa-riquenha, ofereceram um acordo de conciliação no valor de 100 mil colons (R$ 315).

Cortez, que qualificou essa oferta como "uma piada", disse sentir-se "satisfeito" com a decisão do juiz de aceitar a denúncia, o que significa que o caso será levado a julgamento. Para ele, seu único desejo é que "prevaleça a justiça".

Os guarda-costas, pertencentes à empresa de segurança privada Avahuer, da Costa Rica, serão acusados pelo crime de tentativa de homicídio. Foram identificados como Miguel Solís, Alexander Rivas e Manuel Valverde.

Os fotógrafos também pedirão no julgamento uma indenização próxima a US$ 300 mil.

O incidente a ser julgado ocorreu em abril de 2009 em Santa Teresa, província de Puntarenas, quando Cortez e Rolando Avilés, fotógrafo naquela época do diário costa-riquenho "Al Día", foram interceptados na via pública por guarda-costas de Gisele e Brady.

Os guarda-costas exigiram aos fotógrafos que entregassem as fotos que haviam tirado do casamento.

Após resistirem, os fotógrafos, que não entregaram o material, entraram em um veículo e, quando se afastavam da área, receberam tiros que chegaram a estilhaçar o vidro traseiro do carro, segundo o relato de Cortez. EFE/FOLHA

Elenco de "Crepúsculo" fala sobre fim da saga à revista

Os atores Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner falaram à revista "Entertainment Weekly" sobre o fim da saga "Crepúsculo".

"Nós filmamos tudo - das cenas de sexo ao nascimento do bebê de Bella e Edward", disse o diretor Bill Condon.

"Parece uma cena real de sexo, não necessariamente vampiresca, o que é bom", disse Stewart, que interpreta Bella na saga.

"É engraçado, por que quando veio a censura, acho que todo mundo pensou que era por causa da cena de sexo. A cena do nascimento é bem real, é como um soco na cara. Mas poderia ter sido diferente, por que é chocante e grotesca no livro. Quem dera que eu tivesse vomitado sangue", brincou a atriz.

A primeira parte do último filme, "Amanhecer", estreia em novembro deste ano, e a segunda, no mesmo mês do ano que vem. FOLHA

Petrobras prevê investir US$ 73 bi no pré-sal de Santos até 2015

A Petrobras informou na noite de sexta-feira que a previsão dos investimentos para o desenvolvimento dos projetos do pré-sal da bacia de Santos (SP) até 2015 serão de US$ 73 bilhões, sendo que 74% deste total serão aportados diretamente pela estatal.

De acordo com o comunicado, o sucesso da campanha do pré-sal de Santos e as reservas maiores que o esperado reduziram a necessidade dos investimentos para o desenvolvimento da área.

"Hoje estimada em 45% com relação ao Plano Diretor original de 2008 e em cerca de 32% com relação ao Plano Diretor do último ano", informou a empresa em comunicado.

A reavaliação do Plansal, plano instituído em 2008 para coordenar os investimentos nos reservatórios gigantes da bacia de Santos, foi feita em reunião do conselho de administração da estatal mais cedo na sexta-feira.

Segundo o novo plano, em 2015 a área do pré-sal de Santos estará produzindo 613 mil barris diários de petróleo, referente à fatia da Petrobras nos campos, volume que representa um acréscimo de 108 mil barris diários em relação ao plano anterior.

Desse total, cerca de 60% são próprios e os demais 40% pertencem aos parceiros. Em 2017, a meta de produção anteriormente divulgada de 1 milhão de barris diários de petróleo será ultrapassada.

A redução de custos se deveu principalmente pela maior produtividade dos poços --incremento médio em torno de 20%-- e pelo melhor conhecimento das áreas potencialmente produtoras.

Adicionalmente, foi excedida a expectativa de volume recuperável potencial das áreas de Lula e Cernambi, ultrapassando os 8 bilhões de barris.

Também houve um significativo acréscimo considerando-se os 5 bilhões de barris de óleo equivalente recuperáveis (boer) recentemente adquiridos na cessão onerosa. REUTERS/FOLHA

Estado de São Paulo registra mais de um ataque a caixa eletrônico por dia

SÃO PAULO - O estado de São Paulo registra 38 ataques a caixas eletrônicos apenas neste mês, uma média de mais de um roubo por dia. Na madrugada desta sexta-feira, ladrões explodiram um caixa instalado em um supermercado em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Nos destroços do equipamento era possível identificar tinta rosa. Os bancos estão instalando dispositivos que mancham e inutilizam o dinheiro quando a abertura do caixa eletrônico é forçada.

Os funcionários do supermercado foram mantidos reféns nos fundos da loja, sob a mira de revólveres, por cerca de 40 minutos. Não havia clientes. O barulho da explosão chamou atenção de vizinhos, mas os bandidos conseguiram fugir.

Na última terça-feira, três pessoas morreram e duas ficaram feridas durante tentativa de assalto a caixas eletrônicos instalados no Clube Ipê, na região do Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo. Bandidos foram vistos pelas câmeras de segurança quando pulavam o muro. A polícia chegou rapidamente e houve intenso tiroteio. Um vendedor ambulante que passava pelo local foi morto, além de dois criminosos. Dois policiais militares ficaram feridos. O bando estava armado com fuzis.

Na madrugada de quinta, quatro caixas foram atacados na Grande São Paulo, mas as notas foram manchadas com a tinta cor de rosa. Cerca de R$ 17 mil foram deixados para trás por bandidos. Outros R$ 90 mil foram levados. Com as notas manchadas, a polícia espera chegar a pistas sobre os bandidos.

Um dos roubos aconteceu em um supermercado em Suzano. O outro na loja de conveniência instalada em um posto de combustíveis na região do Parque do Carmo, na Zona Leste da capital. A loja, que ainda não havia sido inaugurada, ficou destruída. O teto de gesso despencou, assim como as lâmpadas, a fiação e até a câmera de segurança.

A Febraban, entidade que reúne os bancos, explica que o dispositivo é uma questão de segurança e o dinheiro fica inutilizado. O mecanismo, afirma, já é usado em outros países do mundo. O Banco Central informou que está discutindo a regulamentação do uso do dispositivo com as instituições financeiras.

No último dia 15, o dispositivo foi acionado pela primeira vez durante um roubo a caixa eletrônico do Shopping Mix, em Campinas, a 97 km da capita paulista. Segundo testemunhas, seis homens pularam um alambrado, um deles rendeu o vigia, e os demais explodiram equipamento. Segundo a polícia, foram levados R$ 9,8 mil, apesar de o dinheiro ter ficado manchado. O GLOBO

Após 3 meses, corpo de jovem ainda não foi liberado

A família de Raelma Gomes Monteiro, 15 anos, morta com requintes de crueldade pelo namorado no dia 4 de fevereiro, no Sítio Trapiá, no município de Patos, ainda espera pela liberação do corpo dela para o sepultamento. Já são quase três meses de espera.
Devido à jovem ter sido encontrada em estado adiantado de decomposição, a família fez o reconhecimento do corpo, mas foi ainda necessário a realização de exame de DNA para comprovação do reconhecimento. Foram colhidas amostras de DNA do pai da vítima, o aposentado Raimundo Carlos Monteiro. Mas até agora a família aguarda a liberação do laudo para fazer o sepultamento do corpo de forma digna.
O resultado ainda não saiu e por isso, o Instituto de Medicina Legal em Campina Grande não liberou o corpo. A irmã da vítima, Alba Marques, disse que a família já ligou várias vezes para o IML, mas a resposta é sempre a mesma: que só libera mediante o resultado do exame de DNA.
Alba disse que o acusado fez o reconhecimento do corpo e o delegado emitiu documento relatando que o corpo havia sido reconhecido, mas o IML só libera após sair o resultado de DNA. Alba fez um apelo para que se resolva logo esta angústia, pois a família não aguenta mais tanto sofrimento.
O acusado conhecido por Alan, que confessou o crime, teve sua prisão preventiva cumprida pela Polícia Civil em 6 de abril. Ele está recolhido aguardando julgamento.
O modo bárbaro como o assassino confesso agiu, chocou a sociedade patoense, principalmente pela frieza do acusado. Ralema foi morta com requintes de crueldade com pedradas na cabeça e a golpes de estilete.
Alan havia se apresentado dias depois o crime (dia 12 de fevereiro) e confessado ser o autor do homicídio ao delegado Manoel Martins. Ele se apresentou acompanhado dos seus advogados e contou por que matou a jovem com quem tinha um relacionamento há pelo menos seis meses.
Segundo ele, o acusado levou a jovem para tomar banho pela manhã nas proximidades do local do crime, e em dado momento, resolveu assassiná-la, pois estava sofrendo muitas ameaças de Raelma. O acusado não teria mostrado arrependimento.
O delegado ouviu o acusado em depoimento e o liberou, pois não existia flagrante para deixá-lo preso. Em abril, a Justiça determinou a sua prisão preventiva.
O delegado informou ainda que já concluiu o inquérito e o remeteu à Justiça. HORA EXATA/CORREIO DA PARAÍBA