News by Twitter - Share this blog on your social networks

Thursday, June 30, 2011

Polícia investiga se mortes no Paraná estão relacionadas ao tráfico

A Polícia Civil do Paraná investiga se a morte de duas jovens, encontradas na quarta-feira (29) na região metropolitana de Curitiba, está relacionada com a disputa de pontos de tráfico de drogas.

Segundo a polícia, o namorado de uma das vítimas é um traficante que foi preso no ano passado, em Araucária, também na Grande Curitiba.

As jovens mortas, Kelly Cristina Rodrigues, 18, e Jéssica Lais Pereira, 19, moravam no Sítio Cercado e no Rebouças, respectivamente, bairros de classe média baixa de Curitiba, e eram amigas, segundo a polícia. Elas haviam desaparecido no dia anterior.

Os corpos, que apresentavam marcas de tiros, foram encontrados numa saibreira (local de extração de saibro) no bairro Campestrinho do Agarau, na zona rural de São José dos Pinhais, cidade vizinha a Curitiba.

A polícia afirma que suspeita que os assassinatos não tenham acontecido no local onde os corpos foram encontrados. Não havia sinais de violência sexual e, ainda de acordo com a polícia, junto aos corpos foram encontradas as bolsas, cartões bancários e os documentos das duas vítimas. Nada foi levado.

FOLHA

Professora e alunos sofrem acidente em trenzinho de Piracicaba

Uma professora e 14 crianças ficaram levemente feridas, na tarde desta quinta-feira, após um trenzinho tombar em Piracicaba (160 km de São Paulo).

Por volta das 16h desta quinta-feira, oito carros do Corpo de Bombeiros e 21 homens ainda estavam no local do acidente, na altura do número 23 da Rua São José, prestando atendimento às vitimas.

Segundo a corporação, professora e alunos apresentam ferimentos leves.

O trenzinho era tracionado por um trator e, segundo a Prefeitura de Piracicaba, é administrado por empresa que terceiriza serviços para o Lar dos Velhinhos do município.

Procurado pela reportagem, a secretária do Lar dos Velhinhos de Piracicaba informou que só os responsáveis pela instituição poderiam falar sobre o caso e que eles estavam no local do acidente.

FOLHA

Filme raro de Chaplin não atrai compradores em leilão

O curta "Charlie Chaplin in 'Zepped'", que seria um filme de propaganda política feito no Reino Unido durante a Primeira Guerra Mundial, atraiu apenas um interessado no leilão em que estava previsto para render mais de 100 mil libras (US$ 165 mil). As informações são da BBC.

"Obviamente, estamos decepcionados que o filme não foi vendido, mas é um item incomum em leilões, é muito imprevisível", disse uma representante da casa de leilões Bonham's à BBC. A mulher disse ainda que a casa ainda não sabe se vai tentar vender o filme novamente.

O filme foi encontrado dentro de uma velha lata amassada de rolo de fita que o colecionador Morace Park comprou por 3,20 libras no site de leilões online eBay. Possivelmente, esta é a única cópia restante no mundo.

De acordo com a casa de leilões, o filme de sete minutos mostra Chaplin enfrentando o dirigível alemão Zeppelin e inclui algumas das primeiras sequências de animação da história do cinema.

"Num primeiro momento, eu não tinha ideia do que tinha em mãos", disse Park. "Fui falar com especialistas em cinema na Europa e nos Estados Unidos, e um comentário foi comum a todos: nenhum deles tinha visto esse tipo de filme antes".

Park encontrou casualmente um anúncio de uma exibição comercial do filme na publicação Manchester Film Renter e descobriu que o trabalho provavelmente foi enviado ao Egito com o intuito de elevar a moral das tropas britânicas estacionadas no país.

"O fato de este filme frágil e inflamável, de nitrato, ter sobrevivido desde 1916, ser estrelado pelo maior ícone de cinema da época e nunca antes ter sido visto pelo grande público é incrível", disse uma especialista a Bonham's, Stephanie Connell.

Embora Chaplin não tenha participado da produção de "Zepped", ele satirizou o líder nazista Adolf Hitler em um filme de 1940 que ficou famoso, "O Grande Ditador".

REUTERS/FOLHA

Aaron Carter diz que recebeu cocaína de Michael Jackson aos 15 anos

Aaron Carter, 23, afirmou ter recebido cocaína de Michael Jackson quando ele tinha apenas 15 anos.

"Nunca tinha falado sobre isso", contou à australiana "OK Magazine". "Fiz coisas com ele que ninguém mais fez, mas também fiquei perturbado com o que ele fez comigo".

Na época, o irmão mais novo do integrante dos Backstreet Boys Nick Carter era próximo do cantor, morto em 2009.

"Ele me deu vinho", afirmou. "Claro que eu poderia ter recusado, mas eu tinha 15 anos. E de drogas? Ele me deu cocaína. Eu me senti estranho com aquilo e com outras coisas".

"Nós nos falamos depois disso, por horas e horas, por telefone", disse. "Eu admirei Michael, mas seu comportamento me incomodava muito. Aí minha mãe chamou a polícia".

FOLHA

Izabella Teixeira diz que emenda ao Código Florestal sinaliza abertura para desmatamentos

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou hoje (30) no Senado que o texto da Emenda 164, incorporada ao projeto de lei do novo Código Florestal durante a tramitação na Câmara dos Deputados, sinaliza a abertura para novos desmatamentos e precisa ser retirada do texto. Izabella ressaltou que a discussão em torno do novo código não deve ficar restrita ao conflito entre ambientalistas e agricultores.

“Se lermos o texto [da emenda], ele sinaliza a abertura para novos desmatamentos”, destacou. “É possível ter supressão de vegetação, o texto do código prevê isso. Mas não concordo e acho inaceitável que existam propriedade licenciadas produzindo e que pratiquem desmatamento ilegal”, argumentou a ministra.

A Emenda 164 permite a consolidação de plantações e pastos em áreas de preservação permanente (APPs) e em reservas legais feitas até junho de 2008, até que o governo estabeleça o que não poderá ser mantido nessas áreas. O dispositivo também prevê que os estados poderão legislar sobre políticas ambientais, juntamente com a União.

O debate sobre o novo Código Florestal no Senado transcorreu em clima de cordialidade, diferentemente do que ocorreu na Câmara. A votação do relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) causou desgaste na relação do governo Dilma Rousseff com o Congresso. Em praticamente cinco horas de debate, Izabella Teixeira respondeu a todas as perguntas feitas pelos senadores.

A ministra disse que nenhum país pode renunciar o desenvolvimento, contudo, o desenvolvimento deve ser construído com sustentabilidade. “Podemos fazer uso das nossas áreas protegidas dentro de uma visão de turismo sustentável. Mas temos que colocar essa discussão em outro patamar. 

Discutir como visão estratégica, como evitar queimadas, por exemplo”.

Izabella Teixeira ressaltou a importância da área ambiental para o país e enfatizou que os ambientalistas não são contra o desenvolvimento. “Temos que fazer do Código Florestal uma legislação moderna sem conflito. Temos que acabar com essa falsa dicotomia [de ambientalista contra agricultores] e não podemos perder mais tempo com isso”, argumentou.

Relator da matéria na Comissão de Agricultura, o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), disse que o Senado deve aprimorar o texto levando em conta o que foi aprovado pelos deputados. “Nosso papel eve ser o de aprimorar o texto que veio da Câmara naqueles objetivos traçado pela ministra. 

Não deixar lacunas para interpretações, dúvidas, e dar à nação uma lei clara e objetiva. Construir um texto que não possa ser atacado no Judiciário”.

Edição: Talita Cavalcante

AGÊNCIA BRASIL

Apreensões de contrabando sobem 51% até abril, diz Fisco


Dados da Receita Federal divulgados nesta quinta-feira (30) mostram que as apreensões de contrabando, oriundas de operações de vigilância, repressão e despacho aduaneiro, somaram R$ 618 milhões nos quatro primeiros meses deste ano, com forte crescimento de 51,1% frente ao mesmo período do ano passado. Em todo ano de 2010, as apreensões somaram R$ 1,27 bilhão.
O maior crescimento de apreensões, ainda de acordo com dados do Fisco, foi de relógios.

Neste caso, foram apreendidos R$ 47 milhões em mercadorias nos quatro primeiros meses do ano, com crescimento de 486% frente ao mesmo período do ano passado (R$ 9,84 milhões).
Também se destacaram as apreensões de bolsas e acessórios, com elevação de 423%, para R$ 26,2 milhões.
No caso das importações de brinquedos, as apreensões somaram R$ 6,16 milhões de janeiro a abril deste ano, com aumento de 183% sobre igual período de 2010 (R$ 3,36 milhões).

A apreensão de bebidas alcólicas também subiu neste ano, passando de R$ 1 milhão, de janeiro a abril de 2010, para R$ 1,91 milhão em igual período deste ano.
Um crescimento de 173%. No caso dos cigarros, o volume apreendido somou R$ 35,5 milhões, com alta de 146% sobre os quatro primeiros meses do ano passado (R$ 24,3 milhões).
Informações da Receita Federal mostram que as apreensões de drogas também continuarem acontecendo neste ano nas fronteiras do país. No balanço dos quatro primeiros meses de 2011, foram apreendidos 342 quilos de cocaína, 1,3 mil quilos de maconha, 64 mil comprimidos de ecstasy, além de 19 quilos de haxixe e de 13,9 quilos de crack.
Os números foram divulgados pelo governo no mesmo dia em que foram anunciadas novas regras para coibir importações irregulares. A Receita Federal informou que a instrução normativa 1.169, publicada no "Diário Oficial da União" desta quinta-feira, busca evitar a triangulação de importações irregulares.

Também haverá uma integração maior entre a Receita Federal, vinculada ao Ministério da Fazenda, e a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento.
G1

Polícia Federal vai abrir inquérito para apurar violação de e-mails de Dilma

O governo decidiu acionar a Polícia Federal para investigar e localizar o hacker que invadiu o correio eletrônico pessoal da presidente Dilma Rousseff. A ordem foi repassada ao Ministério da Justiça, responsável pela PF, que já estava reunida ontem à tarde para traçar a estratégia da investigação.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, já determinou a abertura de inquérito pela Polícia Federal para apurar o caso, revelado nesta quinta-feira pela Folha.

Segundo a reportagem, um hacker copiou e-mails que ela recebeu durante sua vitoriosa campanha à Presidência da República, no ano passado. O rapaz tentou vender os arquivos a políticos de dois partidos de oposição, o DEM e o PSDB, mas disse que não teve sucesso.

A Folha encontrou-se com o hacker na segunda-feira (27), num shopping de Taguatinga (DF), a 20 km de Brasília. Ele não quis se identificar. Disse que se chama "Douglas", está desempregado, mora na cidade e tem 21 anos.

Na semana passada, uma onda de ataques de hackers teve como alvo sites de órgãos do governo federal. Segundo balanço divulgado pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) na terça-feira (28), vinte portais do governo e 200 sites municipais, principalmente de prefeituras, foram atacados.

O mais crítico, segundo afirmou o diretor-presidente da empresa, Marcos Mazoni, foi o ataque ao site da Presidência da República, ocorrido na madrugada de quarta-feira (22).

No dia seguinte ao ataque, o grupo de hackers LulzSecBrazil, responsável pela maioria das ações, postou em sua conta no Twitter um link para um arquivo com supostos dados pessoais de Dilma, como números do CPF e do PIS, data de nascimento, telefones e signos.

"Douglas" afirma que não integra o grupo que realizou estes ataques.

FOLHA

BG dobra estimativa para reservas de petróleo no Brasil

A BG Group duplicou nesta quinta-feira sua estimativa para a sua parte das reservas de gás e petróleo na bacia de Santos, no Brasil, para 6 bilhões de barris, elevando especulações de que a empresa britânica poderia vender partes dos ativos para financiar o desenvolvimento dos blocos.

O aumento da estimativa das reservas ocorreu após análises feitas com base em testes adicionais nos achados, disse a BG, que é sócia da Petrobras, da Repsol e da portuguesa Galp em alguns dos blocos na região.

A BG informou em comunicado que sua parte dos recursos recuperáveis poderia ficar entre 4 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente (boe). A empresa considera 6 bilhões de barris como sua melhor estimativa.

Anteriormente, a melhor estimativa da companhia para a sua parte das reservas era de 3 bilhões de barris.

"A duplicação da estimativa média das nossas reservas na bacia de Santos é claramente significativa e demonstra a rápida evolução do nosso entendimento destas enormes descobertas", afirmou o presidente-executivo da BG, Frank Chapman, em comunicado.

A empresa britânica possui participações em 5 blocos na bacia de Santos, sendo as principais as seguintes: BM-S-9 (30%) - Descobertas e prospectos de Guará, Carioca, Abaré e Iguaçu, com parceiros Repsol (25%) e Petrobras (45%); BM-S-10 (25%) - Descobertas e prospectos de Parati e Macunaíma, com parceiros Partex (10%) e Petrobras (65%); e BM-S-11 (25%) - Descobertas e prospectos de Lula, Cernambi e Iara, com parceiros Galp (10%) e Petrobras (65%).

Ela também detém 20% no bloco BM-S-50, que inclui o prospecto Sagitário, e 40% do BM-S-52, onde está o prospecto Corcovado.

A elevação das reservas aumentou especulações de que a BG poderia vender parte de suas participações nos blocos no Brasil, como maneira de se financiar para acompanhar os pesados investimentos que estão sendo realizados.

A Repsol vendeu 40% dos ativos no Brasil para a chinesa Sinopec no ano passado.

Oswald Clint, analista de petróleo na Bernstein, comentou a questão em nota nesta quinta-feira.

"Essa base de reservas é grande demais para a BG desenvolver de uma maneira apropriada, considerando o tamanho da empresa. Assim, nós firmemente acreditamos que a companhia vai fazer uso do momento positivo do mercado de petróleo para realizar o valor de uma parte dos ativos (no Brasil)", afirmou.

Um porta-voz da BG informou que a empresa tem capacidade de acompanhar o investimento nos blocos.

FOLHA

Gestora escocesa sobe participação na ALL para 9,5% do capital

A ALL (América Latina Logística) informou que a administradora de carteiras de investimento Baillie Gifford, com sede em Edimburgo, na Escócia, ampliou sua participação no capital da companhia em 1% por meio de aquisições de ações em Bolsa.

Desta forma, a gestora passou a deter 9,46% do capital total da companhia, o equivalente a 65.159.104 ações ordinárias.

Segundo o comunicado, a participação representa um investimento minoritário, que não altera a composição do controle ou estrutura de administração da ALL.

FOLHA

Dólar fecha a R$ 1,56, a menor taxa desde agosto de 2008

A taxa de câmbio caiu pelo quarto dia consecutivo, recuando para o menor patamar desde agosto de 2008. No mês, a taxa cambial teve desvalorização de 1,2%, enquanto no ano, a retração foi de 6,3%.

A aprovação e a regulamentação das medidas de ajuste fiscal na Grécia, entre ontem e hoje, trouxe grande alívio para os mercados, dando novo fôlego para as Bolsas de Valores e fortalecendo as moedas contra o dólar.

O euro subiu de US$ 1,4428 para 1,4521 na praça internacional.

No front doméstico, o dólar comercial, após oscilar entre R$ 1,566 e R$ 1,559, foi cotado por R$ 1,561, em um decréscimo de 0,63% sobre o fechamento de ontem. 

Já o dólar turismo foi vendido por R$ 1,680 e comprado por R$ 1,510 nas casas de câmbio paulistas.

Ainda operando, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) recua 0,20%, aos 62.207 pontos.

O giro financeiro é de R$ 4,33 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York valoriza 1,29%.

Operadores também destacaram fatores técnicos para explicar o derretimento da moeda americana no mercado interino: na disputa pela Ptax, a taxa média de câmbio que liquida contratos no mercado futuro, os "vendidos" (que ganham com a baixa das cotações) levaram a melhor sobre os "comprados" (que ganham com a alta).

Para o segundo semestre, analistas avaliam que o dólar pode ter um processo de recuperação contra as demais moedas, mas bastante moderado. Será preciso observar os efeitos do encerramento do QE2 - o programa federal que injetou bilhões de dólares na economia dos EUA - e a possível melhora dos indicadores nesse país.

Por outro lado, o ciclo de aperto monetário no Brasil deve continuar: as opiniões do mercado se dividem entre um ou dois aumentos da taxa básica de juros até o final deste ano.

JUROS FUTUROS

As taxas projetadas no mercado futuro da BM&F subiram novamente nos contratos mais negociados.

No contrato de julho, a taxa prevista passou de 12,11% ao ano para 12,13%; para janeiro de 2012, a taxa projetada avançou de 12,45% para 12,47%. E no contrato para janeiro de 2013, a taxa prevista ascendeu de 12,60% para 12,69%. Esses números são preliminares e estão sujeitos a ajustes.

FOLHA

Ibama fecha polo madeireiro onde extrativistas morreram no Pará

O Ibama começou nesta quinta-feira (30) uma operação para desmontar as 12 madeireiras instaladas em Nova Ipixuna, no sudeste do Pará, onde foram assassinados em maio os extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo.

Fiscais do órgão começaram hoje a retirar máquinas e madeira, com apoio de homens do Exército, da Força Nacional e da Polícia Federal. A ação deve durar uma semana.

Segundo o Ibama, todas as madeireiras tiveram as licenças ambientais cassadas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente após "vasto histórico de ilegalidades", como venda e exploração de madeira ilegal e descumprimento de exigências previstas no licenciamento.

No total, o Ibama registrou na cidade 122 autos de infração entre 2006 e 2010, o equivalente a R$ 5 milhões em multas.

O casal de extrativistas assassinado a tiros no mês passado denunciava irregularidades no Assentamento Agroextrativista Praialta Piranheira.

Em 2009, José Claudio enviou ao Ministério Público Federal um manifesto em que critica "a forma degradante em que se encontram as áreas que eram compostas por florestas nativas".

O documento, assinado por outros nove produtores rurais, diz que a retirada de madeira clandestina, principalmente de castanheiras, havia se intensificado desde 2006.

As informações sobre a investigação do crime são sigilosas, e até agora ninguém foi preso.

FOLHA

UFRJ decide utilizar Enem como único vestibular para ingressar na universidade

Rio - Após uma reunião de cerca de três horas, a Universidade Federal do Rio de Janeiro decidiu, em votação apertada, nesta quinta-feira, restringir o acesso às vagas de graduação exclusivamente ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O vestibular da universidade já está anulado e 100% das vagas para a graduação de 2012 serão preenchidas pela prova aplicada pelo Ministério da Educação, com 30% para cotas sociais.
O Conselho Universitário (Consuni) da UFRJ esteve reunido desde as 9h com representantes do Ministério da Educação para tomar a polêmica decisão. De acordo com o reitor da universidade, Aloisio Teixeira, a ideia é unificar o sistema federal.
"Pela primeira vez, veremos estudantes entrando por um sistema único, federal, na universidade. Criamos um ambiente de cooperação", disse.
Cerca de 40% das vagas para ingressar na universidade eram destinadas ao vestibular próprio da UFRJ. Ainda de acordo com o reitor, o número de vagas também deverá ser maior em 2012.
Este ano, o Enem será realizado em dois dias. A prova contará com 200 questões de múltipla escolha nas áreas de Linguagens; Códigos e suas Tecnologias (incluindo redação); Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

As provas acontecem nos dias 3 e 4 de outubro, e a divulgação dos resultados está marcada para o dia 4 de dezembro. A divulgação do resultado final, com a correção das redações, acontece em janeiro de 2012.

O DIA ONLINE

Arqueólogos acham 'caixão' de família que julgou Jesus Cristo

Arqueólogos israelenses confirmaram a autenticidade de um ossuário (caixa usada para guardar ossos depois da fase inicial de sepultamento) pertencente à família do sacerdote que teria conduzido o julgamento de Jesus.

A peça, feita em pedra e decorada com motivos florais estilizados, data provavelmente do primeiro século da Era Cristã - tem, portanto, uns 2.000 anos.

A inscrição no ossuário, em aramaico ("primo" do hebraico, língua do cotidiano na região durante a época de Cristo), diz: "Miriam [Maria], filha de Yeshua [Jesus], filho de Caifás, sacerdote de Maazias de Beth Imri".

O nome "Caifás" é a pista crucial, afirmam os arqueólogos Boaz Zissu, da Universidade Bar-Ilan, e Yuval Goren, da Universidade de Tel-Aviv, que estudaram a peça.

Afinal, José Caifás é o nome do sumo sacerdote do Templo de Jerusalém que, segundo os Evangelhos, participou do interrogatório que levaria à morte de Jesus junto com seu sogro, Anás.

Não se sabe se Miriam seria neta do próprio Caifás bíblico ou de algum outro membro da família sacerdotal. O ossuário, no entanto, liga a parentela à casta de Maazias, um dos 24 grupos sacerdotais que serviam no Templo.

O governo israelense diz que o ossuário estava nas mãos de traficantes de antiguidades, impedindo o estudo de seu contexto original.

FOLHA

Europeus descobrem o quasar mais antigo do Universo

Astrônomos europeus descobriram o quasar mais antigo visto até o momento a partir das observações realizadas com telescópios - entre eles, o de longo alcance do ESO (sigla em inglês de Observatório Austral Europeu), no Chile.

Segundo os resultados do estudo, trata-se do objeto mais luminoso encontrado até agora no Universo primordial - a fase correspondente à "infância do Cosmos" -, que é alimentado por um buraco negro com 2 bilhões de vezes a massa do Sol.

"Este quasar é uma evidência vital do Universo primordial. É um objeto muito raro que vai nos ajudar a entender como cresceram os buracos negros supermassivos em poucas centenas de milhões de anos depois do Big Bang", disse Stephen Warren, líder da equipe de astrônomos.

A luz do quasar, chamado ULAS J1120+0641, demorou 12,9 bilhões de anos para chegar aos telescópios da Terra. Por esta razão, é visto como era quando o Universo tinha apenas 770 milhões de anos.

Anteriormente já se tinha confirmado a existência de objetos ainda mais distantes, mas o quasar recém-descoberto é centenas de vezes mais brilhante que os anteriores.

"Demoramos cinco anos para encontrar este objeto", afirmou Bram Venemans, um dos autores do estudo, em referência ao achado.

"Encontrar este objeto envolveu uma busca minuciosa, mas o esforço valeu a pena para poder desvendar alguns dos mistérios do Universo primitivo", acrescentou.

O brilho dos quasares, dos quais se acredita que sejam de galáxias distantes muito luminosas alimentadas por um buraco negro supermassivo em seu centro, podem ajudar a desvendar a época em que foram formadas as primeiras estrelas e galáxias.

FOLHA

‘Glee’: badalada série americana chega à TV aberta do Brasil


A badalada série americana “Glee”, que é um sucesso no mundo inteiro e também no Brasil (veiculada na TV por assinatura pela Fox), vai, finalmente, chegar à TV aberta por aqui. A atração começa a ser transmitida neste sábado, nas manhãs da Globo. Mas, para quem ainda não foi apresentado, o que é o fenômeno “Glee”?
Muitos perguntam: “É igual ‘High School Musical’?”. O pano de fundo é o mesmo: o mitológico colegial americano, onde os jovens buscam um lugar ao sol, movidos pela paixão da música. Mas logo nos primeiros episódios a diferença fica escancarada. O repertório de “Glee” conta com grandes hits da música pop. “Rehab”, de Amy Winehouse, ganha uma versão grandiosa no palco, e “Take a bow”, de Rihanna, é interpretada pela voz dramática da protagonista, Rachel, que é vivida pela atriz e cantora Lea Michele.
Estas músicas são apresentadas, em sua maioria, pelos alunos da Escola McKinley que integram o coral New Directions (Novas Direções, em português). A mimada Rachel, o homossexual Kurt (Chris Colfer), a gordinha Mercedes (Amber Riley) e os outros sentem na pele o preconceito por serem estranhos, ou como são chamados no colégio, fracassados. Eles contam com a ajuda do mentor musical, o professor Will Schuester (Matthew Morrison).
Versão brasileira (e pirata)
Quem assistiu às duas temporadas da série, já exibidas pela rede americana Fox, bem sabe que a sorte desses jovens talentos vai mudando, e para melhor. No decorrer dos episódios, o grupo da McKinley vai passando nas etapas dos concursos de corais e ganhando a fama que tanto procura.
Outra emissora da TV aberta também pode dar ao público brasileiro um gostinho de “Glee”. A produtora gaúcha Beagle Films está fazendo uma versão nacional da série, chamada “BraZis”, e diz estar em negociação com quatro emissoras para exibi-la. A Fox, no entanto, nega ter cedido os direitos autorais e estuda medidas legais contra a produtora.
EXTRA ONLINE

Tcheca de 21 anos vence 'top' e chega a 1ª final de Grand Slam

A tcheca Petra Kvitova se classificou nesta quinta-feira para a final do torneio de Wimbledon ao vencer a bielorrussa Victoria Azarenka (4ª do mundo) por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 6/2, em 1 hora e 44 minutos.

No sábado, a tenista de 21 anos vai disputar a primeira final de Grand Slam de sua carreira contra a russa Maria Sharapova, que venceu a alemã Sabine Lisicki também nesta quinta.

Atual número 8 do ranking mundial, Kvitova foi semifinalista em Wimbledon no ano passado, quando era 62ª do mundo.

"É difícil acreditar, comecei muito bem o jogo. O ponto chave da partida foi o saque e, por sorte, e consegui encontrar minha primeira bola. Estou muito feliz", disse a tcheca.

Kvitova é a primeira tcheca a chegar a uma final de Wimbledon desde Jana Novotna, em 1998, e a quarta do país na decisão do Grand Slam londrino, assim como Martina Navratilova e Hana Mandlikova.

Esta temporada, a tcheca chegou ao top 10 ao ganhar os títulos de Brisbane, Paris-Coubertin e Madri.

Sharapova e Kvitova só se enfrentaram uma vez no circuito profissional. Em 2010, na semifinal em Memphis (EUA), com vitória da russa por 6/4 e 6/3.

FRANCE PRESS/FOLHA

Operários paralisam construção de arena da Copa em Pernambuco

Operários que trabalham na construção da Arena Pernambuco, que sediará jogos da Copa do Mundo de 2014, paralisaram as atividades na manhã desta quinta-feira.

De acordo com o Sintepav-PE (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada), cerca de 700 trabalhadores participaram da paralisação. Entre as reivindicações estavam mudanças no sistema de transportes e direito a folgas após fins de semana trabalhados.

Os trabalhadores se reuniram com representantes da Odebrecht, responsável pela construção do estádio, e houve acordo em diversos pontos, segundo o Sintepav. Depois disso, os operários voltaram ao trabalho.

A Folha entrou em contato com a Odebrecht, mas ainda não obteve resposta.

FOLHA

    CBF estabelece prêmio de R$ 180 mil por jogador pelo título

    A conquista da Copa América vai render R$ 180 mil para cada jogador. O valor foi definido antes do embarque para a Argentina em reunião entre o técnico da seleção, Mano Menezes, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

    A informação está reportagem de Martín Fernandez e Sérgio Rangel, enviados especiais a Los Cardales, publicada nesta quinta-feira pela Folha.

    O valor é aproximadamente 50% superior ao pago pela entidade na Venezuela, em 2007, quando cada atleta faturou cerca de R$ 120 mil pelo título, o primeiro de Dunga como treinador do Brasil. O último título mundial da seleção, em 2002, rendeu US$ 100 mil para cada um.

    Caso a seleção vença o torneio pela terceira vez consecutiva, a CBF vai gastar R$ 4,1 milhões somente com os jogadores. Os integrantes da comissão técnica também recebem premiação.

    O valor já foi aceito pelos atletas. Na semana passada, Mano se reuniu com o capitão Lúcio e informou a cifra. Não houve contestação.

    No ano passado, a confederação registrou um lucro líquido recorde em toda a história da entidade. Foram R$ 83 milhões, 14,72% acima do resultado de 2009.

    O Brasil está no Grupo B e estreia na competição no domingo, quando enfrenta a Venezuela. 

    Na primeira fase, a seleção brasileira ainda enfrentará o Paraguai (dia 9) e o Equador (dia 13).

    FOLHA

    Rússia critica França por armar rebeldes líbios e pede detalhes

    O governo russo criticou nesta quinta-feira a França por ter entregue armas aos rebeldes líbios e pediu que o governo francês forneça maiores detalhes sobre o assunto, incluindo uma posição oficial de Paris. Até o momento porta-vozes militares e o embaixador francês na ONU confirmaram a entrega de armamentos, mas não houve declarações do presidente Nicolas Sarkozy.

    "Esperamos a resposta. Caso seja confirmado, seria um grave descumprimento da resolução 1970 da ONU (Organização das Nações Unidas), que foi aprovada por consenso", disse o chanceler russo, Serguei Lavrov.

    A Rússia se absteve durante a votação no Conselho de Segurança da ONU que aprovou a implementação da zona de exclusão aérea sobre a Líbia como forma de proteger civis e vem reiterando reservas quanto ao uso da força no país.

    No início do mês, Lavrov criticou as ações da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) ao dizer que "pela força não podemos fazer nada" e que o melhor seria travar um acordo para "edificar a nova Líbia".

    OTAN

    A Otan negou qualquer envolvimento com a operação francesa que levou armas para os rebeldes na Líbia.

    O secretário-geral da aliança militar, Anders Fogh Rasmussen, disse ainda não ter informação sobre nenhum outro país que tenha dado armas aos insurgentes.

    Rasmussen defendeu ainda que a Otan implementou de maneira bem sucedida a resolução do Conselho de Segurança da ONU, que determinou a intervenção militar estrangeira na Líbia para conter a repressão de civis comandada pelo ditador Muammar Gaddafi.

    Questionado se o envio de armas seria uma violação, Rasmussen afirmou que cabe ao comitê de sanções da ONU definir.

    ARMAS

    A França foi o primeiro país da aliança a confirmar que enviou armas para os rebeldes líbios. O país, contudo, disse que não violou o embargo de armas da ONU, já que tais armas eram necessárias para proteger civis ameaçados.

    Citando fontes não identificadas, o jornal "Le Figaro" disse nesta semana que a França usou neste mês paraquedas para jogar lançadores de foguetes, rifles de assalto, metralhadoras e mísseis antitanque para os rebeldes nas Montanhas Ocidentais da Líbia.


    Um porta-voz militar francês confirmou esse relato, o que levou alguns diplomatas na ONU a questionarem se o envio de armas sem o consentimento do comitê de sanções do Conselho de Segurança não representaria uma violação ao embargo armamentista ora em vigor.

    "Decidimos fornecer armas autodefensivas às populações civis porque consideramos que essas populações estavam sob ameaça", disse o embaixador francês nas Nações Unidas.

    "Em circunstâncias excepcionais, não podemos implementar o parágrafo 9 quando se trata de proteger civis", disse Araud, referindo-se ao artigo da resolução 1.970 do Conselho de Segurança, adotada em fevereiro, que impôs um amplo embargo armamentista à Líbia.

    FOLHA

    Bancos alemães estão preparados para ajudar Grécia, diz ministro

    O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, disse que os bancos do país estão preparados para contribuir no segundo pacote de ajuda ao país.

    A Alemanha informou que a dívida grega programada para vencer até 2014 terá um novo cronograma, o que significa que os títulos serão rolados.

    O presidente da França, Nicolas Sarkozy, já havia anunciado a participação dos bancos franceses no pacote de ajuda financeira à Grécia.

    A expectativa da União Europeia é que a participação privada no segundo plano de socorro à Grécia chegue a 30 bilhões de euros.

    Mas os bancos franceses já anunciaram que não aceitarão rolar toda a sua participação na dívida grega. Eles trocarão cerca de 70% da dívida que está para vencer pro títulos novos. Mas uma parte terá que ser paga pelo governo grego.

    VOTAÇÃO

    O Parlamento grego aprovou nesta quinta-feira o detalhamento do plano de austeridade aprovado na quarta-feira.

    O plano prevê cortes de gastos, aumento de impostos e privatizações. No total, o ajuste será de 78 bilhões de euros entre 2012 e 2015, mas algumas medidas já entram em vigor imediatamente.

    O texto em votação nesta quinta-feira estabelece como e quando o pacote de austeridade será implementado.

    A aprovação dos dois textos, votados na quarta-feira e nesta quinta-feira, eram condição da União Europeia e do FMI (Fundo Monetário Internacional) para liberar a próxima parcela de ajuda financeira, do pacote fechado em maio do ano passado, no total de 110 bilhões de euros.

    Essa parcela, no valor de 12 bilhões de euros, é mais urgente para a Grécia que tem um montante elevado de dívida a vencer em julho.

    A aprovação do pacote de austeridade e seu detalhamento evita um calote imediato da dívida grega que afetaria toda a zona do euro.

    A aprovação das medidas também abre caminho para um segundo pacote de resgate financeiro, que pode chegar a 120 bilhões de euros, maior, portanto, que o primeiro. O novo plano de ajuste que desbloqueia a ajuda da União Europeia (UE) e do Fundo Monetário internacional (FMI) para evitar a quebra do país foi aprovado na quarta-feira com 155 votos a favor, 138 contra e cinco abstenções.

    O pacote de medidas estabelece dolorosos cortes de renda da população já a partir de julho, assim como privatizações de empresas estatais, e despertou uma forte rejeição da população.

    FOLHA