quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Sinead O'Connor dá entrada em hospital para tratar depressão


A cantora irlandesa Sinead O'Connor deu entrada em um hospital esta semana para tratar um quadro de depressão. Em seu perfil no Twitter, a cantora afirmou que espera passar duas semanas sob tratamento.

"Não quero que ninguém se preocupe. Só é motivo para preocupação uma pessoa deprimida que não vai para o hospital. Tudo ficará bem", escreveu no microblog.

Na semana passada, O'Connor, 45, revelou ao jornal "The Sun" que tinha tentando se matar dias antes e usou o Twitter para pedir ajuda aos fãs para encontrar um bom psiquiatra.

"Eu não quero abandonar meus filhos. Ou destruir meu trabalho. Me desculpem por preocupá-los".

A cantora voltou à midia em dezembro ao se casar com Barry Herridge e, poucos dias depois, anunciar que estava se divorciando.

Após poucas semanas, ela revelou pelo Twitter que estava "namorando" Herridge novamente para, em questão de dias, se separar mais uma vez.

Sinead O'Connor começou a carreira nos anos 1980 e fez sucesso na década seguinte com uma versão para a balada "Nothing Compares 2 U", de Prince.

Em 1992, ela rasgou uma foto do papa João Paulo 2º durante uma apresentação na TV norte-americana como protesto pelas acusações de abuso sexual cometidos por padres.

FOLHA