News by Twitter - Share this blog on your social networks

Wednesday, January 27, 2016

A China conseguiu dar um nó no capitalismo ocidental

Mário Assis Causanilhas


Não pretendo ser o dono da verdade e nem descobrir a pólvora sem fazer barulho, mas a China deu um nó tático no capitalismo ocidental. Na ânsia de maximizar lucros e resultados, as empresas foram, paulatinamente, transferindo para a China as suas linhas de produção e, ao mesmo tempo, criando um modelo de substituição de importações às avessas.

Agora, um espirro da China transforma-se numa pneumonia no Ocidente. Hoje, a China está preparada para ditar as regras do comércio internacional, estabelecer parâmetros cambiais e limitar o preço das principais commodities.

###


A HEGEMONIA DO DÓLAR


Flávio José Bortolotto

Os EUA operam a moeda hegemônica internacional, US$ dollar, reserva principal de aproximadamente 70% de todas as economias, e o esquema funciona como um poderoso eletro-ímã atraidor de capitais do mundo todo, principalmente da China, e isso constitui poderosa pressão anti-inflacionária nos EUA.

O Brasil vem perdendo capitais em ritmo crescente, com pico pouco antes de nossa grande depreciação do real em relação ao US$ dollar de cerca de 50% no último ano, e isso se traduz em poderosa pressão inflacionária no Brasil.

Os juros básicos e comerciais nos EUA são reduzidos, porque lá há abundância de capital, mas são altíssimos no Brasil, porque aqui há grande escassez de capital. Temos que capitalizar nossa Economia.

###


A MALANDRAGEM CHINESA


Carlos Newton


Para dar o salto triplo na economia, a China se valeu da mão-de-obra baratíssima e permitiu a instalação das indústrias mais poluidoras do planeta. Com isso, tirou da miséria a maior parte da população e se tornou a segunda maior economia do mundo.

Agora, surgiram os problemas. A poluição é intolerável. As estatísticas oficiais, sempre fraudadas, dizem que são 400 mil mortos por ano. Podemos aumentar para 8 milhões, que ainda sai barato. O famoso Rio Amarelo tornou-se marrom e está morrendo. Os trabalhadores já conquistaram alguns dias férias e aposentadoria. Outros direitos trabalhistas fatalmente terão de ser concedidos. Tudo isso custa dinheiro.

Só que agora a China já pode dar as cartas. Sua aliança com a Rússia lhe garantirá a energia de que necessita para manter o crescimento e desafiar a hegemonia do dólar. E assim caminha a humanidade.

Tribuna da Internet