DONATIONS luisinhofreitas@gmail.com

Friday, January 1, 2016

O pior da corrupção ainda está para ser revelado

Celso Serra


O jornalista político Luiz Carlos Azedo escreveu importante artigo no Jornal do Commercio, em que afirma, sobre o PT: “Construída com base em quatro vertentes – sindicalistas, militantes de antigas organizacões de esquerda, integrantes de comunidades eclesiais de base e intelectuais do meio acadêmico —, a estrutura do PT foi progressivamente controlada por políticos profissionais e seus “operadores”, em detrimento dos quadros dedicados às políticas públicas e aos movimentos sociais”.

Lembra que esse processo desaguou numa sucessão de escândalos, que comprometeram irremediavelmente a imagem do partido, com a prisão e condenação de lideranças emblemáticas da legenda. E completa: “O pior ainda está por vir. Doações de campanha milionárias, em troca do superfaturamento e do desvio de recursos da Petrobras, levarão a legenda ao banco dos réus. Grande parte desse dinheiro foi parar nas campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na disputa de 2006, e da presidente Dilma, em 2010 e 2014”.

E NÃO APRENDEM…

Essa advertência de Luiz Carlos Azedo mostra que, apesar da merda que fizeram, do assalto incomensurável ao dinheiro público e da cobrança extorsiva de propinas das empresas para engordar os cofres do partido, o ex-presidente Lula e a cúpula do PT insistem no relaxamento da política fiscal e no aumento do crédito, como se os fatos já não houvessem desmoralizado a política de gastança e de estímulo ao consumo seguida nos últimos sete anos.

Além disso, até agora é incerto se a presidente Dilma Rousseff percebeu o tamanho do desastre e os enormes equívocos da tal matriz econômica implantada em seu primeiro mandato. O novo Ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, é um dos criadores desse monstrengo. Nada confirma, ainda, que haja disposição de mudar de rumo e seguir o bom senso.

O Brasil entra em 2016 sem radar confiável, no meio de um nevoeiro denso e com oficiais de péssimo currículo na cabine de comando.  E os ladrões continuam com a chave do cofre.

BALANÇO ANUAL

Em 2015  – apenas neste ano –  a “gerentona” de Lula, com sua “nova matriz econômica”, conseguiu os maravilhosos resultados:

1) INFLAÇÃO bem pertinho de 11%;

2) RECESSÃO de 3,6%;

3) DEFICIT PÚBLICO de R$ 120 bilhões.

Esses R$ 120 bilhões, ela já avisou que vai buscar no meu, no teu e no bolso dos demais cidadãos que trabalham para sustentar o Brasil, hoje aparelhado pelos membros do PT – o Partido dos Trapaceiros, também conhecidos por petralhas.

Tribuna da Internet