News by Twitter - Share this blog on your social networks

Friday, March 11, 2016

"E quem não lê a Tribuna da Internet?" - perguntou Lauro Jardim

Carlos Newton



Acreditamos que seja possível existir uma imprensa livre, aberta a todas as ideologias e correntes que busquem o aprimoramento da sociedade contemporânea e defendam os interesses nacionais. É uma utopia, não há qualquer dúvida, mas sonhar ainda não é proibido e o grande poeta mineiro Márcio Borges já nos ensinou que sonhos não envelhecem e levam adiante os velhinhos transviados que tocam a Tribuna da Internet desde sempre, como Carlos Chagas, Sebastião Nery e Pedro do Coutto, além dos que depois se integraram ao grupo, como Paulo Peres, Antonio Santos Aquino, Francisco Bendl, Antonio Carlos Fallavena, José Carlos Werneck, Flávio José Bortolotto, Wagner Pires, Roberto Nascimento, Francisco Vieira, Wilson Baptista Jr., Antonio Rocha e mais, muitos mais participantes desta espécie de Clube de Esquina do Jornalismo, que nos honram com seus artigos e comentários, e que são tantos que nem seria possível citar a todos, desculpem as omissões.

Certamente, é o Blog com maior número de articulistas e está resistindo como espaço independente, embora sempre haja quem estranhe essa liberalidade de aceitar até a defesa de teses que poderiam ser tidas como indefensáveis. Mas é justamente essa diversidade de opiniões que engrandece este espaço, proporcionando um entrechoque de ideias que acaba beneficiando a todos nós.

Outro dia, a jornalista Jussara Martins esteve na Redação do Globo e encontrou o colunista Lauro Jardim. Conversavam sobre política e ela perguntou:“Você já leu a Tribuna da Internet?”.

E ele respondeu: “Quem não lê?”.

É claro que Lauro Jardim estava sendo apenas educado, mas o fato é que já se consegue perceber que nosso Blog é lido nas redações e até serve de inspiração e pauta para alguns jornalistas, desculpem a falta de modéstia, mas às vezes a gente precisa fortalecer a autoestima para conseguir matar um leão por dia, conforme a prática do jornalismo exige. O colunista Lauro Jardim sabe disso, porque não tem feito outra coisa, desde quando trabalhava no Radar da Veja.

VAMOS EM FRENTE

O fato é que ninguém é proibido de participar do Blog e trocar opiniões, desde que o faça de forma civilizada, sem ofensas e respeitando a opinião alheia. Alguns abrem polêmicas intermináveis aqui e se aborrecem, deixam de comentar, mas acabam voltando, sob pseudônimos. É um erro, porque não julgamos ninguém. Todos são bem recebidos, o que aconteceu antes não interessa mais, o importante é olhar para a frente, como ensina o Pedro do Coutto.

Na vida, todo mundo erra. O editor do Blog é diferente, porque erra todo dia. É impossível conduzir um espaço jornalístico desse tipo, sem errar a toda hora.

Tribuna da Internet