News by Twitter

Saturday, February 27, 2016

O Brasil está parado, é preciso dar um basta a esta situação

João Amaury Belem


De fato, há atualmente uma movimentação política em que de um lado estão aqueles que almejam o impeachment da presidente da República e do outro aqueles que não querem o que haja este desfecho. E com isso o país está parado desde o ano passado, ou seja, o ano de 2015 terminou sem nem ter começado.

É preciso que se diga: aqueles que são a favor do impeachment certamente não estão contra a Democracia no Brasil, a não ser contra induvidosamente os corruptos, os ladrões e os deslavados aproveitadores de toda espécie que infestam esta nação.

Como seria tudo mais fácil se cada cidadão brasileiro cumprisse as nossas leis e defendesse com todo o rigor a Constituição Federal, pois a norma que consta no seu artigo 37 impõe que “a administração Pública direta ou indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

Lamentavelmente, nos últimos 14 anos todo o problema dessa nação está centrado em que a coisa pública passou a ser privada. Os escândalos estão sendo noticiados todos os dias nas mídias, a nação brasileira está atolada em um verdadeiro mar de lama.

ESPÍRITO DE JUSTIÇA

Pergunta-se onde está o espírito de justiça? A Política deveria ser a luta pelo Poder visando a criação de melhores condições possíveis para o país, enfim para o povo, ou seja, a busca do bem comum.

Só um lembrete aos navegantes. Roma caiu, porque a sua sociedade apodreceu. Maria Antonieta foi guilhotinada, porque a sociedade francesa também apodreceu. Nicolau II e a família foram fuzilados por causa dos Rasputins. Mas Stalin morreu na cama, por mandar matar todos os seus amigos e inimigos, e o regime da União Soviética ruiu porque a sociedade russa faliu. Será que vamos assistir ao mesmo no Brasil? Será que essa corja de sindicalistas desonestos e vulgares criminosos irá destruir a nação brasileira?

A propósito, brasileiros e brasileiras, sejamos dignos do inolvidável RUI BARBOSA, que asseverou: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

Certamente uma corja de sindicalistas desonestos não é maior do que o povo brasileiro. Vamos reagir e salvar a nação! No próximo dia 13, todos às ruas das terras de Vera Cruz.

Tribuna da Internet